20 maio, 2011

Semana Mundial de Combate à Hepatite

Cristo Redentor muda de cor, em vermelho e amarelo o monumento tem como objetivo alertar a população.

Com luzes vermelhas e amarelas, o monumento do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, recebeu nesta quinta-feira (19) uma iluminação especial em apoio ao lançamento da Semana Mundial de Combate à Hepatite, que acontece entre os dias 19 e 26 de maio.

A ABPH (Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite) e a Arquidiocese do Rio querem alertar a população sobre a doença, pois 90% dos portadores não sabem que estão contaminados.

Cristo Redentor muda de cor, em vermelho e amarelo o monumento tem como objetivo alertar a população

Só no Brasil existem oficialmente seis milhões de pessoas com hepatite dos tipos B e C, as formas mais graves da doença. No mundo são cerca de meio bilhão de portadores do vírus. "A doença é chamada de assassino silencioso, pois se desenvolve sem dar nenhum sintoma, durante vários anos, levando o paciente a desenvolver uma cirrose, ter a necessidade de um transplante e, em alguns casos, até câncer de fígado", avisa o presidente da Associação Humberto Silva. As cores das luzes, vermelha e amarela, representam a campanha.

Para Silva, que também é portador de hepatite, tão importante quanto alertar sobre a doença e sua proliferação é comunicar à população que existe tratamento e cura. "Nosso maior objetivo com este ato no Cristo Redentor é que a iluminação especial simbolize a luz da consciência dos brasileiros, para que realizem testes de detecção do vírus, excluindo o Brasil do altíssimo índice de pessoas que ignoram estar infectados", considera. Maio é o mês que o Brasil, EUA e diversos outros países adotaram como o da conscientização da hepatite, que volta a ser lembrada no dia 28 de julho, data internacional recém sugerida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Serviço  -

O diagnóstico da hepatite é feito por meio de exames de sangue, sorologias ou biópsia do fígado. Durante os dias 19 e 26 de maio, haverá diversos pontos gratuitos para teste de sangue, com resultados imediatos, em todo o território brasileiro. Para fazer o teste, basta procurar um posto de saúde e solicitar o exame de detecção das hepatites B e C. Com sede em São Paulo, a recém criada Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH) é uma organização não governamental que visa primordialmente fomentar informação sobre a existência da hepatite, suas divisões, implicações, tratamento e cura. Site oficial da ABPH.