19 dezembro, 2011

Prefeito abre o Workshop Porto Maravilha: Desafios e Oportunidades

Paes ressalta que serão investidos R$ 8 bilhões na revitalização da Zona Portuária sem usar recursos públicos

Prefeito abre o Workshop Porto Maravilha Desafios e Oportunidades1O prefeito Eduardo Paes participou na manhã desta segunda-feira, dia 19, da mesa de abertura do Workshop “Porto Maravilha: Desafios e Oportunidades”, realizado pela Caixa Econômica Federal, na sede da instituição, no Centro do Rio.

Na ocasião, Paes falou sobre a importância do projeto Porto Maravilha:

- Estamos aqui não só vivendo a maior operação urbana consorciada do país e a maior PPP (Parceria Público Privada) do Brasil, mas também estamos tratando de uma quebra de paradigma na maneira como nós tratamos das nossas cidades. Essa operação é histórica para a cidade do Rio de Janeiro, é sem subsídio, sem dinheiro público e só foi possível em razão da parceria entre os três níveis de poder. O que a prefeitura fez foi vender, colocar em um leilão, todos os títulos que pagam essa operação. A Caixa adquiriu todos eles de uma vez só e está negociando no mercado. Vamos investir R$ 8 bilhões, sem gastar dinheiro do imposto que as pessoas pagam.

O objetivo do encontro, que reuniu construtoras, incorporadoras, corretores e proprietários de terrenos no âmbito da Operação Urbana Consorciada, é promover a apresentação dos aspectos relevantes e das oportunidades que envolvem a Operação Consorciada da Região do Porto do Rio de Janeiro.

Também participaram do evento o presidente da CDURP (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Porto), Jorge Arraes; do Diretor de Operações da Concessionária Porto Novo, Amim Alves Murad; do presidente da Hines do Brasil, Douglas Munro; e do vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Marcos Roberto Vasconcelos.

 

Fonte: Prefeitura Rio de Janeiro