02 abril, 2012

OAB/RJ inaugura Casa do Advogado na Lapa

 

O advogados do Rio de Janeiro ganharam um novo espaço para trabalhar. Foi inaugurada nesta quinta-feira, dia 29, a Casa do Advogado, na Lapa, no Centro da cidade. Segundo o presidente da OAB/RJ, Wadih Damous, praticamente todos os serviços disponíveis na sede da entidade serão prestados na casa, que fica no número 26 da Rua do Rezende. "Aqui é uma espécie de mini OAB", afirmou Wadih.

 

Próxima ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a Casa, que leva o nome do advogado Paulo Saboya, conta com 19 computadores com acesso à internet, um funcionário da OAB especializado em peticionamento eletrônico e preparado para tirar dúvidas sobre o processo digital, um posto fixo de certificação, serviços de impressão, sala de reunião e mezanino para que os advogados aguardem suas audiências.

Felipe Santa Cruz, presidente da CaarjAlém disso, o local possui três escritórios projetados para atender os profissionais com limitações físicas, uma sala da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas (Cdap) e uma Central de Atendimento ao Público, onde os advogados poderão dar entrada em petições, tirar certidões da OAB e esclarecer dúvidas sobre processos.

De acordo com Felipe Santa Cruz, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Rio de Janeiro (Caarj), a Casa do Advogado marca uma conquista não apenas da advocacia trabalhista, pela proximidade com a sede do TRT, mas também das subseções.

Segundo ele, a ideia do projeto é proporcionar uma melhor estrutura para os advogados que frequentam a região, já que a sala da Ordem mais próxima é a do prédio do TRT, que possui apenas seis computadores.

Espaço externo da Casa dos Advogados

Durante a cerimônia, Felipe citou os funcionários empenhados na obra da Casa, que foi inaugurada pela filha de Saboya, Tatiana Saboya.

"Percebemos que os advogados estavam carentes de itens básicos. Hoje, em termos de serviços e equipamentos, essa inauguração é mais uma conquista da nossa classe", afirmou Wadih. Para Ricardo Menezes, presidente da Comissão da Justiça do Trabalho (CJT) da OAB/RJ, a casa é um local digno para todos os colegas e leva o nome de Paulo Saboya porque "ele foi grande para a democracia brasileira".

"Não poderia levar outro nome, pois tudo que diz respeito ao projeto desta Casa, diz respeito ao Paulo Saboya", conclui o presidente da OAB/RJ.

Fonte: http://www.oabrj.org.br/

Diretório de Sites