16 maio, 2013

Casa Daros

Exposição de obras da Colômbia inaugura Casa Daros

Exposição de obras da Colômbia inaugura Casa DarosCultura, educação e lazer estão reunidos na Casa Daros, localizada em Botafogo, no "coração da Zona Sul do Rio de Janeiro. Aberta desde março, o local é próprio passar uma tarde e saborear o lado bom da vida, através de exposições, restaurante, loja de souvenir e espaços ao ar livre que se misturam com palmeiras, vendedores de pipoca e algodão doce. A entrada é franca. Guias em português e inglês orientam o público durante toda visita.

O painel na primeira sala de exposição revela o sentido em conhece a Casa Daros: "Arte é educação. Educação é o lugar do encontro". Ali, o visitante começa a descobrir um espaço cultural que transporta sua alma para um ambiente delicioso, que mergulha no caldeirão cultural da América. A sensação é de estar na beleza natural do Rio de Janeiro, interagir com os latinos, tudo dentro de um prédio neoclássico de 1866, que remete ao fascínio da Europa. 

Atualmente, a Casa Daros está com a exposição inaugural “Cantos Cuentos Colombianos”, com curadoria de Hans-Michel Herzog, que fez uma seleção ampla e representativa de obras de dez artistas da Colômbia: Doris Salcedo, Fernando Arias, José Alejandro Restrepo, Juan Manuel Echavarría, María Fernanda Cardoso, Miguel Ángel Rojas, Nadín Ospina, Oscar Muñoz, Oswaldo Macià, e Rosemberg Sandoval. A mostra permanece até 8 de setembro.

Outra grande atração é a imagem “Nossa Senhora das Graças”, de Vik Muniz. Durante quase dois anos, a equipe da Casa Daros separou escombros, móveis antigos e outros objetos provenientes da obra. Em 2008, o artista elegeu para seu trabalho a imagem de Nossa Senhora das Graças, presente na fachada principal da Casa Daros, para ser reconstituída com os fragmentos descartados e objetos encontrados no local durante a reforma. Os escombros foram levados ao ateliê-galpão de Vik Muniz, em Parada de Lucas, local que foi gerada a obra em fotografia “Nossa Senhora das Graças”. 

O público ainda conta com uma exposição que une imagem e som, retratando oficinas de pinhole com crianças da favela da Maré e de escolas municipais de Botafogo e Urca; e o Programa de Formação de Jovens Artistas, de 2007. 

Após ser restaurada e modernizada, a Casa Daros conta também com biblioteca, auditório para cem pessoas, restaurante-cafeteria e loja.

 


Casa Daros 
Rua General Severiano, 159, Botafogo 
Telefone: +55 21 2275 0246
Site: www.daros-latinamerica.net

Entrada

Exposição principal: R$ 12,00
Entrada gratuita às quartas-feiras
Estudantes e idosos
Meia-entrada, com apresentação de carteira
Crianças até 12 anos
Gratuito
Membros do ICOM
Gratuito, mediante apresentação de documento
Professores da rede pública
Entrada gratuita, com apresentação de carteira.
Grupos de escolas públicas e organizações sociais
Entrada gratuita, desde que a visita seja agendada com antecedência.
Grupos de escolas particulares
Preços especiais, desde que a visita seja agendada com antecedência. 

Horários

Quarta-feira a sábado
12h às 20h
Domingos e feriados
12h às 18h 

Acessibilidade

A Casa Daros busca garantir a acessibilidade total do prédio de forma a atender aos interesses dos públicos mais diversos. Além de escadas e sinalização de emergência, dois elevadores garantem o acesso às pessoas com necessidades especiais: um na lateral da entrada principal e outro no vão central do prédio.

 

Como chegar

Metrô
A estação Botafogo, na Rua Nelson Mandela, fica a cerca de dez minutos a pé da Casa Daros. A estação é uma transferência entre as linhas 1 e 2 e tem integração com a linha expressa Botafogo-Urca e o metrô na superfície até a Gávea.

Ônibus
Existem mais de cinco pontos de ônibus no entorno da Casa Daros, na Avenida Lauro Sodré, na Rua da Passagem e na própria General Severiano.

Táxis
Há pontos de táxi na rua lateral do espaço cultural e nos shoppings centers do entorno.