08 dezembro, 2014

Tom Jobim eternizado em Ipanema

Uma estátua em homenagem ao cantor e compositor Tom Jobim foi inaugurada ontem - segunda-feira (07/12), na orla da Praia de Ipanema, Zona Sul do Rio, no início da Avenida Vieira Souto, próximo ao Arpoador.

CarreiraEstátua em homenagem a Tom Jobim é inaugurada na orla de Ipanema - Rio de Janeiro

Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, o Tom Jobim, era maestro, pianista, cantor, arranjador, violonista e um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos. Um dos criadores e principais forças da bossa nova, ao lado de João Gilberto e Vinicius de Moraes, é autor de músicas como "Garota de Ipanema" e "Samba do avião", que se tornaram símbolos do Rio de Janeiro e são tocadas até hoje no mundo inteiro.

"Ele ficou conhecido internacionalmente pela bossa nova, mas o Tom passa por modinha, o choro, por baião. Ele é um grande retratista do Rio de Janeiro, enfim é o gênio que a gente sabe que ele é", contou o jornalista Antônio Carlos Miguel.

Em 1964, competindo com os Beatles, os Rolling Stones e Elvis Presley, Tom Jobim ganhou o Grammy de Música do Ano com a "Garota de Ipanema". Frank Sinatra, depois de gravar os songbooks de grandes mestres americanos, dedicou dois albuns à obra de Tom Jobim.

O compositor e maestro morreu em 8 de dezembro de 1994, em Nova York, vítima de uma parada cardíaca enquanto lutava contra um câncer. Ele tinha 67 anos.